Respostas para perguntas difíceis sobre SEO8 min read

Rodrigo Botinhão

In SEO Posted

Para quem trabalha com SEO, é comum ouvir perguntas para as quais geralmente não temos a resposta de imediato ou, até mesmo, resposta disponível. Isso acontece porque, tratando-se do trabalho de SEO, onde dependemos de critérios desconhecidos dos algoritmos de pesquisa dos buscadores, simplesmente não é possível ter respostas lógicas.

Ao longo da experiência do nosso trabalho em projeto de SEO, separamos algumas perguntas que se encaixam na situação descrita acima e, também, uma possível resposta — que demonstra que não há uma resposta exata. Lembrando que as respostas são baseadas em nossa experiência com os projetos.

Pergunta:

Se nós aplicarmos essas tarefas técnicas que vocês estão propondo, qual é o percentual de visitas orgânicas que aumentaremos? Digo isso porque só conseguimos aplicar essas tarefas se soubermos exatamente quantas visitas orgânicas aumentaremos com a resolução delas.

Nossa resposta:

Não há uma relação exata entre a aplicação das tarefas técnicas e o aumento das visitas orgânicas através dos buscadores. O objetivo da resolução técnica das recomendações que visualizamos no Page Speed, por exemplo, é essencialmente aumentar a visibilidade e a qualificação do site nos resultados das buscas orgânicas de acordo com o Google.

Há outros aspectos que estão sendo consideradas pelos buscadores, e o aspecto técnico é uma delas. Além disso, é possível realizar a estimativa de aumento de tráfego com outras tarefas técnicas relacionadas com outros canais de aquisição? Qual é o aumento de visitas que teremos com a aplicação de um novo meio de pagamento? Um novo serviço de frete no e-commerce? A criação do XML de produtos para serem trabalhados no Google Shopping, por exemplo?

Partimos do princípio de que se o cliente está perguntando sobre isso, provavelmente deverá ter um parâmetro em relação às demais atividades técnicas que não estão relacionadas ao SEO.

Pergunta:

Precisamos que a palavra-chave que escolhemos fique em primeiro lugar na busca orgânica em, no máximo, seis meses.

Nossa resposta:

Não podemos determinar um tempo exato para uma palavra-chave se posicionar na primeira posição do resultado orgânico. Não conhecemos o algoritmo da busca e não sabemos quais são os critérios para isso acontecer. O trabalho de SEO visa utilizar todas as práticas recomendadas pelos buscadores a serem aplicadas, e a consequência disso será aumentar a visibilidade do site nos resultados da busca orgânica, maximizando as visitas orgânicas.

Se o processo acima ocorrer regularmente e com qualidade, provavelmente as palavras-chave que são importantes para o negócio e que estão sendo selecionadas com a estratégia se posicionarão nos primeiros lugares.

Pergunta:

Vamos comprar um pacote com 1.000 backlinks todos os meses para aumentar o tráfego orgânico.

Nossa resposta:

O trabalho de aquisição de links externos (Linkbuilding) por si só não trará o resultado desejado de aumento de visitas orgânicas. Ele deve ser complementar às demais atividades do projeto de SEO.

Há, também, uma métrica chamada Link Velocity, que mensura o crescimento natural de links externos de um site ao longo do tempo. Se um site que não recebe links externos há mais de 30 dias passar a receber mais de 1.000 links de uma só vez, com certeza será penalizado pelo fato de os buscadores não considerarem que essa prática é natural.

Pergunta:

Conseguimos produzir um conteúdo com todas as principais palavras-chave em uma única página?

Nossa resposta:

Depende. Há palavras-chave que necessitam de um conteúdo único justamente pela relevância e volume de buscas considerados ideais para o desenvolvimento do trabalho. Técnicas de utilização de conteúdos satélites, por exemplo, são utilizadas para maximizar o trabalho e o resultado. Com isso, conseguimos endereçar conteúdos exclusivos para palavras-chave importantes.

Pergunta:

Faremos SEO somente para o blog e o e-commerce será somente para gerar vendas. Conseguimos prosseguir dessa forma?

Nossa resposta:

Há inúmeros e-commerces que já estão utilizando a própria plataforma como estrutura para o desenvolvimento de um projeto de SEO. Há diversas formas de conduzir e estruturar um trabalho onde não haja essa divisão de blog separado do e-commerce. É possível, sim, trabalhar somente com o blog, porém, não recomendamos e inclusive desencorajamos esse tipo de prática. Isso porque há palavras-chave relevantes que julgamos essenciais para serem utilizadas no e-commerce.

Pergunta:

Por que vocês estão cobrando mais caro do que a outra empresa que está oferecendo o mesmo trabalho?

Nossa resposta:

Precisamos recorrer à antiga analogia das montadoras de automóveis. Tanto um Fusca quanto uma Ferrari nos levarão para a praia. Mas por que optar por um e não pelo outro? O preço de um modelo é completamente diferente do outro, porém, o resultado final será o mesmo.

Isso se aplica exatamente para um projeto de SEO. O objetivo do trabalho será o mesmo: maximizar o resultado orgânico. No entanto, as ferramentas que serão utilizadas, os profissionais que estão envolvidos no processo, a dificuldade do segmento a ser trabalhado, a profundidade e detalhamento do trabalho que será executado e a metodologia para acompanhamento e mensuração de resultados com certeza serão diferentes entre uma proposta e outra, e são os fatores que justificam os preços que estão sendo praticados.

Pergunta:

Vamos começar o projeto somente realizando o trabalho de resolução das recomendações técnicas. Conforme o resultado de aumento de tráfego orgânico ocorrer, avançaremos com o restante do trabalho. Dessa forma, criaremos fases para o projeto.

Nossa resposta:

Mais uma vez, utilizamos a analogia dos automóveis para responder a essa pergunta: se o objetivo final da construção de um carro é utilizá-lo em uma estrada, desde os modelos mais baratos até os mais caros levando em consideração que todos utilizam os recursos básicos (carroceria, rodas, vidros, sinalizações, etc), o mesmo vale para um projeto de SEO: se o objetivo final do projeto é o aumento do tráfego orgânico no médio/longo prazo, todos os recursos deverão ser utilizados (estratégia, conteúdo, link building e mensuração dos resultados).

No entanto, se o objetivo final do projeto não for o aumento do tráfego orgânico, aí sim há a possibilidade de realizar o trabalho de resolução de questões técnicas. Por exemplo, precisamos aumentar a nossa nota de performance de carregamento de acordo com o PageSpeed. Com esse objetivo, é totalmente plausível o início do trabalho atuando somente com as resoluções técnicas.

Pergunta:

Quero saber como conseguimos medir o tráfego orgânico a partir dos backlinks que são publicados. Conseguimos, de alguma forma, mensurar o número de acessos orgânicos a partir dos cliques dos leitores nos links âncoras das nossas publicações?

Nossa resposta:

Nós consideramos que o objetivo principal do trabalho de link building é contribuir para o aumento da autoridade de domínio do site. A consequência desse aumento da autoridade de domínio é o incremento da relevância das páginas ante os olhos do Google.

Em um contexto em que a publicação de um backlink deve ser o mais natural possível, preferencialmente com um conteúdo autoral, não há nada mais artificial do que uma URL contendo um UTM trackeador em um site terceiro, uma vez que essas UTMs podem ser geradas apenas pelo proprietário do domínio.

Ou seja, na Gear SEO nós consideramos que o tráfego oriundo de um backlink é igual a zero, levando em consideração o objetivo do projeto de SEO.

Pergunta:

Queremos que somente um profissional de SEO faça todo o trabalho (estratégia, conteúdo, on-page e link building), assim, conseguimos diminuir e economizar no custo. É possível seguirmos dessa forma?

Nossa resposta:

O trabalho de SEO envolve diversas disciplinas e técnicas para ser executado. O profissional analista de SEO que verifica e realiza levantamentos técnicos para a aplicação de melhorias na estrutura do site dificilmente será o mesmo profissional responsável pela criação e desenvolvimento dos conteúdos que serão publicados no site. São profissionais com formações completamente diferentes, porém complementares para um projeto de SEO.

Outro ponto importante é que quanto mais as atividades de um projeto de SEO forem direcionadas aos profissionais corretos, melhor será a qualidade de entrega do material e o nível de experiência dos envolvidos. E, lógico, tudo isso contribuirá para o resultado final.

Pergunta:

Para quê eu preciso do link building se eu já tenho uma agência de assessoria de imprensa que consegue backlinks para o meu site?

Nossa resposta:

Ótimo! A assessoria de imprensa ajudará a compor o portfólio de links externos de um site. Porém, para o trabalho visando links específicos — que em muitos casos não possuem apelo para serem trabalhados pela assessoria de imprensa — o trabalho de LinkBuilding poderá ajudar.

Essas são somente algumas perguntas que recebemos ao longo do trabalho com os projetos de SEO e com certeza há várias outras que reuniremos nos próximos conteúdos.

E você? Já passou por alguma situação parecida acima ou já precisou responder perguntas como as descritas acima? Compartilhe conosco!

0 Comments

Leave a Comment